À terceira foi de vez para Fabio Jakobsen

Etapa curta para terminar a Volta a la Comunitat Valenciana. Menos de 100 quilómetros que viram Hugo Houle, Sergio Samitier, Francesco Romano e Jon Agirre marcar presença na fuga do dia. Este quarteto esteve sempre debaixo de olho do pelotão, já que a vantagem nunca foi superior a 1 minuto.



Deceuninck-QuickStep e Jumbo-Visma organizaram-se na perseguição e, a 10 quilómetros do fim, já não havia escapada. A tensão habitual apoderou-se do pelotão na aproximação do sprint final onde a equipa belga voltou a mostrar o porquê de ser das melhores do mundo.

Um comboio perfeito, com Yves Lampaert e Davide Ballerini como últimas “carruagens” viram Fabio Jakobsen sprintar para a vitória. O campeão holandês realizou um sprint poderoso, mesmo com Dylan Groenewegen a sair da sua roda e a colocar-se lado a lado. John Degenkolb foi 3º. No pelotão chegou Tadej Pogacar que, desta forma, se sagrou o vencedor da competição, sendo acompanhado no pódio por Jack Haig e Tao Geoghegan Hart.



, , , , , , , ,