André Greipel falha Volta ao Algarve e clássicas devido a acidente no treino

A temporada até começou bem para André Greipel. O alemão, em estreia pela Israel Start-up Nation esteve entre os 6 primeiros por 3 vezes no Tour Down Under, algo que em 2019 apenas tinha acontecido por 2 ocasiões em provas World Tour.




Aos 37 anos a entrada numa nova equipa e a junção com Greg Henderson fez rejuvenescer Greipel, que estava a caminho do Algarve e a preparar-se para as clássicas, onde tinha uma boa oportunidade para bons resultados. Só que uma luxação no ombro acabou com as esperanças do ciclista e da equipa.

Tudo aconteceu quando Greipel estava a treinar ontem, na zona de Colónia, na companhia de Rick Zabel e vai ficar de fora cerca de 3 meses. Greipel descreveu o acidente: “um carro veio da nossa direcção, estava água e lama na estrada e de alguma forma saí de estrada e perdi o equilíbrio. A minha roda dianteira escapou e deslizei em direcção a uma pedra, batendo com a minha cabeça e o meu ombro primeiro.”




Greipel ainda foi até casa, mas os exames confirmaram o pior, uma luxação e fractura do ombro. Um grande contratempo para uma equipa que também perdeu um dos seus líderes para uma lesão grave, Ben Hermans.

, , , , , ,