Etapa de loucos termina com triunfo incrível de Davide Formolo

Mais cedo que o habitual, o pelotão presente na Volta a Catalunha saiu para a estrada numa etapa que costuma ser muito animada. Cedo um grupo numeroso, num total de 12 ciclistas, escapou ao pelotão. Estavam na frente Carlos Verona, James Knox, Davide Formolo, Alexis Gougeard, Alexandr Riabushenko, Thomas de Gendt, Danilo Wyss, Patrick Bevin, Jesus Herrada, Fernando Barceló e Nick van der Lijke.



Ainda com muito em jogo, Mitchelton-Scott e Team Sky mantiveram a fuga sempre controlada, nunca dando mais de 3:30, com esta a entrar com apenas 2 minutos no circuito final de Barcelona, à falta de pouco menos de 50 quilómetros.

As primeiras voltas foram muito rápidas e a subida de Montjuic muito endurecida, o que levou a que o pelotão ficasse bastante reduzido. Também na frente o grupo se partiu, com Davide Formolo a seguir em solitário a 40 quilómetros da chegada.

Pouco depois, e após uma queda no pelotão onde Romain Bardet foi um dos envolvidos, Nairo Quintana lançou-se ao ataque. O colombiano saiu na companhia de Michael Woods, Ivan Sosa, Andrey Zeits e Simon Yates. Com Verona na frente, o espanhol esperou pelo seu líder, começando a ajudá-lo.



Esta fuga de Quintana durou 10 quilómetros pois um grande trabalho de Pello Bilbao anulou este perigoso ataque. Na frente, ainda estava Davide Formolo, com 1:30 de vantagem para o pelotão. A corrida continuou louca com Simon Yates a sair com o seu irmão Adam. Este duo foi apanhando vários elementos da fuga e ganharam, rapidamente, 30 segundos para o grupo dos favoritos.

Com o passar dos quilómetros, a vantagem de Adam Yates foi aumentando, numa altura em que já seguia sozinho. A 11 quilómetros do fim, já com mais de 40 segundos de vantagem, Miguel Angel Lopez teve que se lançar ao ataque, começando a reduzir a diferença, não só devido ao seu ataque mas também devido a uma quebra em Adam Yates.

O britânico aguentou enquanto pôde e viria a ser alcançado já na última volta, a menos de 3 quilómetros da chegada, já depois de nova passagem por Montjuic, onde Egan Bernal se lançou ao ataque. Na frente, tudo na mesma, com uma exibição de luxo, Davide Formolo vingou a fuga do dia, conquistando a 2ª vitória da carreira. Enric Mas foi 2º, aproveitando algum entreolhar entre os favoritos, a 51 segundos, com Maximilian Schachmann a ser 3º, a 53 segundos, Os favoritos chegaram a 55, onde estava Miguel Angel Lopez, que selou o triunfo na geral.



, , , , ,