LA Alumínios/LA Sport mantém base da equipa depois do sucesso de 2019

Desde o dia 22 de Outubro que a LA Alumínios/LA Sport tem vindo a anunciar novidades sobre o seu plantel para a temporada de 2020. Até agora, somente renovações, no entanto grande parte das principais peças dos comandados de Hernâni Broco já estão asseguradas por mais um ano.




Começando por uma das novidades mais recentes, está garantida a continuidade de Emanuel Duarte. O algarvio vai continuar na LA Alumínios após um 2019 de sonho. Ganhou a juventude na Volta a Portugal de elites, onde foi 17º na geral e, pouco tempo depois, venceu a Volta a Portugal do Futuro onde liderou do início ao fim, após ter ganho ao 1º dia. Aos 22 anos, o português está numa excelente equipa para continuar a evoluir e tornar-se cada vez melhor trepador. 2020 poderá ser um ano ainda melhor e afirmar-se no pelotão nacional. Apesar de ter tido possibilidade de sair decidiu honrar a palavra e recompensar uma formação que acreditou nele.

Gonçalo Leaça foi outro dos destaques na Volta a Portugal do Futuro e irá para a 3ª temporada na equipa. 6º na classificação geral, venceu uma etapa e a classificação por pontos, o que demonstra a tremenda regularidade que apresenta. Um final de temporada onde ainda foi 3º no Circuito de Nafarros, 6º na Volta a Albergaria e 7º na Rota do Filigrana. Corredor que passa bem a média montanha e tem uma excelente ponta final. Também com 22 anos mas com muito potencial.




A primeira vitória de 2019 surgiu por intermédio de André Ramalho, que venceu o Circuito de São Bernardo e ainda foi 2º no Circuito de Nafarros e 6º na Malveira. Com escola no Clube Ciclismo José Maria Nicolau, de onde veio na temporada transata, o português de 23 anos é um corredor bastante completo já que sobe relativamente bem, foi 30º na Volta a Portugal, e também é relativamente rápido em grupos restritos.

Com 24 anos, David Ribeiro é um dos mais veteranos da equipa. Vai, também, para a 3ª temporada ao serviço da equipa, e é um dos ciclistas mais combativos desta formação. Vice-campeão nacional júnior em 2013 e 3º entre os sub-23 em 2016, o português não tem medo de atacar e adapta-se bem à média montanha. Um corredor que adora entrar em fugas e discutir a camisola da montanha, veja-se que esteve na luta por esta na Volta ao Algarve, GP Abimota e Volta a Portugal, tudo este ano. Na LA Alumínios claramente tem mostrado a confiança que lhe estava a faltar.

Rodrigo Caixas foi o elemento mais novo do plantel em 2019 e muito provavelmente voltará a ser em 2020. Não é muito complicado já que fará apenas 19 anos em Novembro. Um corredor que concluiu a sua formação enquanto junior na Bairrada e que nesse ano competiu em algumas provas internacionais continuará a sua evolução e o seu caminho na LA Alumínios, ele que também costuma competir na vertente da pista como preparação para a estrada.




Por fim, a renovação de mais um corredor bastante irreverente e combativo. Falamos de Marvin Scheulen, outro ciclista com 22 anos de idade. Muito alto e possante, o português adora entrar em fugas e mostrar a camisola da sua equipa. Acabou bem 2019 ao ser 12º na Rota do Filigrana e 13º na Volta a Albergaria.  Corredor que já representou a selecção nacional nas camadas mais jovens.

 

 

, , , , , , , , ,