Maximilian Schachmann imparável consegue o hat-trick e reforça liderança

A queda colectiva de ontem fez muita mossa e o pelotão hoje partiu sem Julian Alaphilippe, Jonathan Castroviejo, Alexandre Geniez, Jon Irisarri, Adam Hansen, Angel Madrazo e Steff Cras. O perfil da etapa parecia propício para uma fuga e mesmo por isso a luta para entrar na escapada foi feroz. Finalmente Carlos Verona, Stephen Williams, Maxime Monfort, Tsgabu Grmay, Alessandro de Marchi, Michael Storer e Mikel Iturria conseguiram ganhar um avanço sólido, de cerca de 4 minutos.




Sensivelmente a meio da etapa, e também devido à forte chuva que se fez sentir, houve nova queda colectiva, provocando também o abandono de Ricardo Vilela, Nicolas Roche, Michal Kwiatkowski, Daan Olivier e Jon Aberasturi. A diferença para a fuga foi reduzindo progressivamente, até porque esta tinha alguns ciclistas perigosos. Na principal subida do dia, ainda a 36 kms da meta, o pelotão acelerou muito, houve uma selecção e na frente só mesmo Alessandro de Marchi e Carlos Verona resistiram.

Só que a vantagem era curta e a Mitchelton-Scott estava com o pensamento na vitória de etapa, o duo foi apanhado já nos 15 kms finais. Mesmo antes da entrada na subida final houve nova queda, com Pieter Serry, Alexey Lutsenko e Pello Bilbao a ficarem envolvidos. A Mitchelton voltou a acelerar na subida final, culminando no ataque de Adam Yates. O britânico teve a resposta de Tadej Pogacar, Maximilian Schachmann e Jakob Fuglsang e saiu o quarteto para a descida.




Na descida para a meta não se fizeram grandes diferenças e resumiu-se então ao sprint final, que Tadej Pogacar lançou de longe. Parecia por momentos que o esloveno iria triunfar, mas o líder da Volta ao País Basco, Maximilian Schachmann, voltou a fazer das suas e nos últimos 50 metros passou Pogacar. Jakob Fulgsang foi 3º e o grupo com os outros favoritos chegou a 9 segundos. Maximilian Schachmann aumentou a sua margem para os próximos 2 dias, aqueles com mais montanha. Em relação aos portugueses, Ruben Guerreiro foi o melhor hoje, no 28º lugar.



, , , , , , ,