Triunfo milimétrico de Bryan Coquard no começo da Route d’Occitanie

1 de Agosto marcou não só o regresso do World Tour mas também o regresso do ciclismo em França. Chris Froome, Egan Bernal, Romain Bardet, Thibaut Pinot, Bauke Mollema e Miguel Ángel López eram alguns dos nomes presentes na Route d’Occitanie, numa lista de participantes digna de uma competição de outra categoria.



Este primeiro dia era, em teoria, o mais acessível mas desenganem-se que era fácil, pois a sua primeira metade era bastante dura, afastando, daí muitos dos sprinters. Lilian Calmejane, Théo Delacroix, Antonio Angulo, Andreas Kron e Marti Marquez foram os aventureiros do dia. Kron e Calmejane foram os mais resistentes, sendo apanhados a 20 quilómetros do fim.

A partir daí, o pelotão seguiu compacto até Cazouls-lès-Béziers onde apenas uma queda fracionou o grupo, queda essa que aconteceu já dentro dos 3 quilómetros finais, não afetando, por isso, as aspirações de nenhum ciclista que seguia no pelotão relativamente à classificação geral.



Na frente, na luta pelo triunfo, quando parecia que o campeão europeu Elia Viviani ira sair vitorioso, foi Bryan Coquard, com uma excelente ponta final, a superar o italiano mesmo em cima da linha de meta, conquistando a primeira vitória em mais de um ano. Sonny Colbrelli fechou o pódio, num top 10 onde se destaca o 6º lugar de … Egan Bernal.

, , , , ,