Vincenzo Nibali com calendário definido

Com o passar dos dias e o possível reatar das competições, os ciclistas e as respetivas equipas começam a estudar os planos de corrida para o novo calendário da temporada. Numa primeira fase, Vincenzo Nibali chegou a colocar a participação no Giro d’Italia em dúvida uma vez que coincide com outras provas importantes, como a Liege-Bastogne-Liege no entanto este vai manter-se fiel ao que tinha planeado no início de 2020.



Para 2020, o “Tubarão de Messina” iria focar-se no Giro, seguindo-se os Jogos Olímpicos, antes de fazer a Vuelta a Espanha, que servia de preparação para os Campeonatos do Mundo. Ora, com os Jogos Olímpicos adiados e com o Giro e a Vuelta a coincidirem, o calendário do italiano terá que ser, forçosamente, diferente.

Pela manhã, a La Gazzetta dello Sport avançou o calendário do italiano e há pouco foi a vez da Trek-Segafredo confirmar, em comunicado, as principais competições de Vincenzo Nibali. O transalpino terá um calendário praticamente caseiro, isto é, irá correr quase sempre em solo italiano, com a Volta a Itália a manter-se como principal objetivo. A Strade Bianche marcará o reatar da temporada, a 1 de agosto, sendo que na semana seguinte seguir-se-á o Giro di Lombardia, antes da Milano-Sanremo a 22 de agosto.



Vincenzo Nibali não irá ao Tour de France, onde Bauke Mollema e Richie Porte terão a missão de liderar a equipa norte-americana, competindo, ao invés, no Tirreno-Adriático, de 7 a 14 de Setembro, prova que servirá de preparação para os Mundiais de Aigle-Martigny, a 27 do mesmo mês. Por fim, o líder da Trek-Segafredo irá competir no Giro, prova que tentará conquistar pela 3ª vez na carreira, onde terá como braço direito Giulio Ciccone.

Datas de provas como Giro di Lombardia e Milano-Sanremo ainda não estão definidas (Federação Italiana de Ciclismo apresentou uma proposta com datas diferentes às propostas pela UCI) e os Mundiais ainda não estão confirmados na região helvética de Aigle-Martigny, pelo que sem um calendário confirmado por parte da UCI, há provas que ainda podem mudar.



, , , , , ,