Vitória de Miguel Florez e recuperação épica de Evenepoel no Alto Colorado

Dia para a etapa rainha na Vuelta a San Juan, com a tradicional chegada ao Alto Colorado e com uma fuga, maioritariamente, sul-americana. Os ciclistas da casa foram discutindo as contagens de montanha e, ao contrário do esperado, a corrida animou ainda antes da subida final, mais precisamente, a 35 quilómetros da chegada.



O vento fazia-se sentir e as bordures apareceram. Graças à Bora-Hansgrohe, UAE Team Emirates e Movistar o pelotão partiu e, de forma inesperada, o líder Remco Evenepoel ficava para trás. O jovem belga ficou com Pieter Serry para o ajudar, num grupo onde também estava Oscar Sevilla. Já na frente, seguiam os restantes candidatos, incluindo Nelson Oliveira.

A colaboração na frente era muita mas o grupo perseguidor não baixava os braços e, apesar de ver a vantagem aumentar para além de 1 minuto, Remco Evenepoel e Oscar Sevilla nunca entraram em pânico e, aos poucos, conseguiram fazer a aproximação ao grupo dos favoritos, juntando-se à frente a 8,8 quilómetros do fim, já em plena ascensão a Colorado. Na frente, já Brandon McNulty e Guillaume Martin tinham atacado.

Depois de vários quilómetros com César Paredes a sacrificar-se em prol de Oscar Sevilla, os ataques começaram a surgir. Faltavam somente 2500 metros, estando o grupo já reduzido a pouco mais de 10 elementos e onde já não figurava Nelson Oliveira. Guillaume Martin tentou mas Remco Evenepoel fechou rapidamente o espaço.



Com isto, os ciclistas argentinos iam perdendo terreno. Bem perto do quilómetro final, o líder voltou a desferir um ataque, reduzindo o grupo a ele, Martin, McNulty, Sevilla, Cesar Paredes, Filippo Ganna e Miguel Florez. Todos se guardaram para o final e foi já dentro dos 400 metros finais que Miguel Florez arrancou para o triunfo. O colombiano da Androni Giocatolli não teve resposta de ninguém e fugiu para a vitória no Alto del Colorado.

Florez venceu com 2 segundos de avanço para o eterno Oscar Sevilla e para o jovem Brandon McNulty. O líder Remco Evenepoel foi 5º, a 4 segundos, seguindo na liderança à partida para as últimas duas etapas. Na geral, o corredor da Deceuninck-QuickStep tem 33 segundos de vantagem para Filippo Ganna e 1:01 para Oscar Sevilla. Nelson Oliveira foi 10º na etapa, a 1:05, estando em 6º na geral.




, , , , , , , , , , , , , , , ,