Daryl Impey, o mais forte da fuga na chegada a Brioude

Dia de feriado nacional em França para mais uma etapa do Tour que começou a alta velocidade devido ao início em ligeira descida. Foi aí que 14 ciclistas aproveitaram para saltar do pelotão e formar a fuga do dia, sendo eles Lukas Pöstlberger, Oliver Naesen, Ivan Garcia Cortina, Jan Tratnik, Tony Martin, Simon Clarke, Daryl Impey, Jasper Stuyven, Nicolas Roche, Jesus Herrada, Tiejs Benoot, Romain Sicard, Edvald Boasson Hagen e Anthony Delaplace. A este grupo ainda se veio a juntar Marc Soler, ao contrário de Rui Costa que também tentou fazer a ponte mas depois de ter estado a 25 segundos da frente não conseguiu concluir a sua missão com sucesso e decidiu esperar pelo pelotão.



Sem ninguém perigoso na geral, Nicolas Roche era o melhor posicionado a mais de 20 minutos, a Deceuninck-QuickStep deixou esta fuga ganhar minutos atrás de minutos, passando os 13 minutos de diferença a 25 quilómetros do final, numa altura em que Lukas Pöstlberger seguia isolado na frente de corrida, com 45 segundos de vantagem para o grupo, após ter atacado a 40 quilómetros da chegada.

Com a vantagem do austríaco a aumentar, os ataques na fuga começaram a acontecer com Boasson Hagen, Clarke, Martin, Cortina e Herrada a serem alguns dos nomes a ficarem para trás. A 15 quilómetros da chegada, começava o Cote de Saint-Just e a dificuldade da subida fez com que Pöstlberger fosse alcançado pelo grupo perseguidor ainda no primeiro quilómetro de subida.



Este momento levou ao começo dos ataques com Nicolas Roche e Tiesj Benoot a destacarem-se dos restantes, recebendo a companhia de Daryl Impey bem no topo da subida. Estes três entraram na descida com 13 segundos de vantagem para Tratnik, Stuyven, Naesen e Soler. Num pequeno topo a meio da descida, Benoot atacou e Roche ficou para trás, reduzindo a frente de corrida a 2 ciclistas.

Estes 2 corredores acabaram por discutir a vitória entre si, com Daryl Impey a confirmar a sua melhor ponta final e bater Tiesj Benoot na linha da meta para vencer a etapa. A 10 segundos chegou o grupo perseguidor, com Jan Tratnik a ser 3º. Entre os favoritos, Romain Bardet e Richie Porte foram os únicos a atacar no Cote de Saint-Just mas rapidamente foram alcançados pelo grupo que, no final, chegou a mais de 16 minutos do vencedor.





, , , , , ,