Enrique Sanz soma terceiro triunfo na consagração de João Rodrigues

A última etapa da Volta ao Alentejo começou com menos 3 ciclistas em relação ao final do contra-relógio de ontem à tarde. À partida estavam 113 ciclistas e bem cedo se formou a derradeira fuga desta edição da Alentejana. Beñat Intxausti, David de la Fuente, Pedro Pinto, Gonçalo Leaça, Fábio Oliveira, Micael Isidoro, Jokin Aramburu e Cyrirille Thiery eram os seus elementos.



Esta numerosa fuga chegou a mais de 6 minutos de vantagem no entanto várias equipas juntaram-se na frente do pelotão. Efapel, Sporting/Tavira e W52-FC Porto queriam uma chegada ao sprint e, à falta de 18 quilómetros a fuga, já sem alguns dos seus elementos, era anulada.

Na tradicional chegada à Praça do Giraldo, Enrique Sanz voltou a triunfar na Volta ao Alentejo, conseguindo a 3ª vitória na competição. O espanhol bateu o Gabrie Cullaigh, vencedor neste local no ano passado, e o seu companheiro de equipa Mario Gonzalez.



João Rodrigues, muito atento, foi 7º e sagrou-se o vencedor da 37ª Volta ao Alentejo, sendo acompanhado no pódio por Luís Mendonça e Raul Alarcon. Por pontos, triunfou Luís Mendonça, um prémio justo para um ciclista muito regular ao longo da semana, a montanha ficou para o campeão neo-zelandês James Fouche, Tobias Foss levou a juventude e, por equipas, ganhou a W52-FC Porto.


Foto: PODIUM




, , , , , , ,