OFICIAL: 5 testes positivos à COVID-19 na “bolha do Tour”

Finalmente saiu o comunicado oficial da ASO, entidade organizadora da Volta a França, e confirma-se o que vinha a ser falado até agora nesta manhã. Nenhum ciclista testou positivo para a COVID-19, tal como tínhamos informado anteriormente, e nenhum ciclista é considerado um caso de contacto com um infectado, portanto nenhum corredor enfrenta uma quarentena.




Testaram positivo 4 elementos do staff das equipas, 1 de cada das respectivas equipas: Cofidis, Ag2r La Mondiale, Ineos Grenadiers e Mitchelton-Scott. Tendo em conta este facto, estes 4 elementos saíram da bolha do Tour. Ainda testou positivo um elemento do staff da organização, que também deixou assim a corrida.

Segundo as informações recolhidas pelos diversos meios de comunicação social que estão a acompanhar a prova “in loco”, esse elemento da organização é precisamente o director de prova Christian Prudhomme! Prudhomme estaria assintomático, mas acusou positivo e será assim substituído por François Lemarchand durante, pelo menos, 7 dias. De recordar que há 2 dias Christian Prudhomme teve no seu carro o primeiro ministro francês Jean Castex.




Nota: Entretanto Prudhomme já confirmou à France 3 que é ele o caso positivo na organização e que não fazia parte da “bolha do Tour” porque já estava previsto estar em contacto com pessoas externas à bolha.

, , , , , , ,