Oliver Naesen vence no Kapelmuur em dia de reviravolta na classificação geral

Desde o início da competição que a última etapa do BinckBank Tour era muito aguardada. Com empedrado e várias subidas míticas do Tour de Flandres estavam preparados todos os condimentos para uma etapa animada. O início da jornada ficou marcada por uma fuga numerosa, com 15 ciclistas, onde estavam nomes como Bob Jungels, Valentin Madouas, Mads Pedersen e Jack Bauer.



No pelotão, equipas como a AG2R La Mondiale e a CCC Team trabalhavam, reduzindo bastante a diferença para a fuga que tinha 1 minuto já dentro dos 50 quilómetros finais, já com duas passagens pelo Kapelmuur feitas. A fuga foi-se dividindo devido à dureza do percurso e os ataques entre os favoritos começaram com Philippe Gilbert, a cerca de 30 quilómetros da chegada. O ex-campeão do Mundo saiu com Laurens de Plus mas não conseguiram muita vantagem.

Na última passagem integral pelo Muur, à falta de 25 quilómetros, decidiu-se a corrida. A fuga foi alcançada e o ritmo no pelotão mudou drasticamente. Especialista neste tipo de terreno, Oliver Naesen atacou, partiu o pelotão, trazendo consigo Sep Vanmarke, Marc Hirschi, Tim Wellens, Greg van Avermaet, Zdenek Stybar, Dlan van Baarle, Simon Clarke e Laurens de Plus.



Vários foram os ataques e foi pouco antes do Quilómetro Dourado que Laurens de Plus, Greg van Avermaet e Oliver Naesen se conseguiram distanciar dos restantes. Dividiram entre si as bonificações, colaboraram bastante bem, chegando a ter uma vantagem de 45 segundos, o que obrigou Marc Hirschi e Tim Wellens a terem que trabalhar. Conseguiram importar diferenças no entanto o trio de belgas que estava na frente esteve perfeito e discutiu a vitória entre si.

Laurens de Plus apenas estava interessado na geral e trabalhou muito, fazendo a maioria do trabalho até à entrada do Kapelmuur. Greg van Avermaet arrancou para o sprint mas com uma ponta final mais rápida Oliver Naesen ultrapassou o seu compatriota e colega de treino para conseguir a vitória. Laurens de Plus chegou a 4 segundos, mas já festejando o seu triunfo na classificação geral. Mais atrás, Simon Clarke, Philippe Gilbert e Mike Teunissen atacaram perto da chegada e ganharam segundos importantes à concorrência, com os favoritos a chegarem num grupo a 38 segundos.

Na classificação geral, como já referimos, a vitória ficou entregue a Laurens de Plus, para nós, o homem mais forte nas dificuldades do BinckBank Tour, conseguindo a sua primeira vitória da carreira. O pódio foi todo belga, com Oliver Naesen a ficar a 34 segundos e Tim Wellens, o anterior líder, a ficar em 3º, a 35 segundos, apenas 1 segundo à frente de Greg van Avermaet 4º. O top 5 fica completo com o jovem Marc Hirschi.




, , , , , , ,