Rohan Dennis volta a não dar hipóteses à concorrência na Digital Swiss 5

A derradeira etapa da Digital Swiss 5 trazia mais um dia com bastante montanha. Pouco mais de 36 quilómetros com os primeiros 15 quilómetros em subida, no difícil Lukmanier Pass, seguindo-se uma longa descida até aos últimos quilómetros, novamente, em subida, para Disentis-Sedrun.



Uma das revelações da prova suíça James Whelan foi o ciclista a arrancar mais forte no entanto o australiano não esteve na frente muito tempo já que aos poucos Rohan Dennis foi-se aproximando do compatriota, ultrapassando-o, ainda, no primeiro terço da escalada. Repetindo o cenário do primeiro dia, o campeão do Mundo de contra-relógio colocou toda a potência que tinha para alargar a vantagem, passando com quase 20 segundos no topo do Lukmanier Pass para Maximilian Schachmann e Jonas Vingegaard.

Dennis continuou imparável na descida e na subida final. O grande destaque da segunda metade da etapa foi Nicolas Roche que fez uma descida fenomenal, chegando ao 2º lugar antes da escalada final. O irlandês ia a grande velocidade, estava a dar tudo por tudo, chegando a ameaçar o ciclista da Team INEOS nos derradeiros quilómetros. A diferença era grande pelo que Rohan Dennis conseguiu aguentar a pressão e vencer pela segunda vez na Digital Swiss 5.



Após um 2º lugar no primeiro dia e a vitória ao 3º, Roche voltou a ser 2º, mostrando ser um dos destaques das corridas virtuais. Jonas Vingegaard foi uma das surpresas do dia, ficando no 3º lugar. Chris Hamilton foi novamente 4º, com Maximilian Schachmann a fechar o top-5, à frente de mais um ciclista da Team Sunweb, Jai Hindley. João Almeida esteve presente, pela Deceuninck-QuickStep, terminando em 43º.

 

, , , , , , , ,