Transferência a transferência, surpresa a surpresa, os plantéis vão-se compondo

Os últimos foram mais calmos em termos de transferências no entanto o mercado continua ativo e foram anunciadas mais algumas mudanças de equipas. A EF Education First continua a reforçar o seu plantel e, desta vez, anunciou Moreno Hofland. O holandês é um sprinter de boa valia que tarda a confirmar o seu potencial, já que nos últimos anos poucos têm sido os resultados de valia. Começou na Rabobank Continental em 2010, tendo subido para a equipa principal em 2013, onde esteve durante 5 temporadas. Mudou-se para a Lotto-Soudal, em 2017, onde não conseguiu muito bons resultados, tendo sido peça fundamental no comboio de Andre Greipel. Conta com 13 vitórias, entre as quais uma no Paris-Nice 2014, no entanto desde 2015 tem apenas uma vitória. Numa nova equipa irá tentar relançar a sua carreira, já que deverá ter mais oportunidades pois a EF Education First tem apenas Sacha Modolo e Dan McLay como homens rápidos.

Depois de Stefan Kung, Kilian Frankiny é mais um suíço a deixar a BMC e a reforçar a Groupama-FDJ, por duas temporadas. Fez toda a sua carreira dentro da estrutura da BMC, primeiro na equipa sub-23 e 2017 na equipa principal. Bom trepador enquanto sub-23, foi 6º no Tour de Savoie Mount Blanc, 3º no Tour de Alsace, ganhou  Giro Ciclistico della Valle d’Aosta Mont Blanc tudo no ano de 2016. Em elites, destaca-se o 9º posto na Volta a Comunidad Valenciana deste ano. Trepador competente, será mais uma ajuda para os líderes na montanha.

A Dimension Data continua muito ativa no mercado e hoje anunciou o experiente Lars Bak. Aos 38 anos, o compatriota de Michael Valgren, deixa a Lotto-Soudal após 7 temporadas. Ciclista muito experiente, será um apoio muito importante para Valgren nas clássicas, onde conta com muitas presenças e sempre sendo essencial. Reforço importante que fará o papel que ninguém verá na televisão.

Por fim, a BMC/CCC continua a formar o seu plantel e há mais um ciclista a passar da CCC para o World Tour. Falamos de Lukasz Owsian, polaco de 28 anos que se destaca por ser um trepador competente. Fez toda a sua carreira na CCC, onde foi sempre figura de destaque nas provas polacas. Este foi o seu melhor ano da carreira, onde foi 2º no Tour de Langkawi, ganhou o CCC Tour e uma clássica polaca. Este era mais um ciclista que se esperava fazer a ponte entre a CCC e o World Tour, já que tem qualidade para o World Tour, mostrando ser um trepador capaz de conseguir resultados interessantes em provas não muito duras. Marshall Newhouse Authentic Jersey scarpe hogan

, , , , , , , , , ,