Luís Gomes abre a contagem da Kelly/InOutBuild/UDO em 2020

O pelotão nacional voltou à estrada para mais uma Clássica da Primavera. Uma prova disputada na região da Póvoa de Varzim, feita em circuito e onde o Monte Félix, subida com empedrado, era o ponto central e mais difícil do dia. 7 voltas a um duro circuito tornavam a corrida difícil de controlar.



Foi logo à primeira volta que se começou a definir a corrida. Aí, um grupo numeroso com cerca de 20 elementos ganhou vantagem para o pelotão. Com nomes importantes na frente e grande parte das equipas presentes na competição representadas, o pelotão viria a deixar a fuga escapar para nunca mais ser alcançado.

A dureza do percurso e os ataques foram eliminando alguns ciclistas no entanto a chegada à Póvoa de Varzim viu uma chegada ao sprint, entre um pequeno grupo de 6 ciclistas. No sprint final, o mais forte acabou por ser Luís Gomes, um dos principais reforços da Kelly/InOutBuild/UDO para a nova temporada. O rei da montanha da última Volta a Portugal bateu Rafael Silva da Efapel, que repetiu o 2º lugar do ano passado, e Alexander Grigorev da Atum General/Tavira/Maria Nova Hotel.



Nas classificações secundárias, Luís Gomes juntou a classificação da montanha à vitória final, Tiago Machado venceu as metas volantes, Hugo Nunes foi o melhor na geral do pavé e Fábio Costa foi o melhor sub-23. Por equipas, triunfou a Efapel.

Foto: Efapel

, , , , , , ,