Rui Costa continua na UAE Team Emirates

Em final de contrato, o futuro de Rui Costa era algo incerto, o português tinha renovado pela UAE Team Emirates no final da temporada passada, por mais um ano, cumprindo a 6ª época na equipa árabe mas estava agora livre, podendo negociar com outra equipa ou continuar na formação de Jotxean Matxin se a renovação de contrato aparecesse.




Tal como se sucedeu na temporada transacta, o ex-campeão do Mundo renovou o seu vínculo com a UAE Team Emirates, desta vez por mais duas temporadas. As vitórias não aparecem, desde 2017 que não ganha, no entanto 2019 foi um ano com alguns resultados positivos: 4º no Tour of Oman e 2º no Tour de Romandie. Para além disso, 8 top-5 mostram a regularidade tremenda do poveiro de 32 anos.

Ao longo da sua carreira, Rui Costa tem premiado sempre a estabilidade, raramente opta pelo desconhecido, depois de sair de Portugal teve 5 temporadas na estrutura da Movistar e agora vai para a 7ª e 8ª épocas na estrutura da UAE Team Emirates, antiga Lampre-Merida. De recordar que o ciclista português conta no seu currículo com o Campeonato do Mundo em 2013, ganhou 3 vezes a Volta à Suíça (2012, 2013 e 2014), triunfou em 3 etapas na Volta a França (entre 2011 e 2013), e ainda o G.P. Montreal, entre muitas outras provas.




Esta renovação torna Rui Costa um dos mais experientes do plantel da sua equipa que vê chegar jovens trepadores de grande valor como Andrés Ardila, Brandon McNulty e Alessandro Covi, para além de já contar com o fenómeno Tadej Pogacar, uma das revelações desta Vuelta. O português será importante dentro e fora da estrada, transmitindo todo o seu conhecimento bem como sendo ainda capaz de conseguir bons resultados. De realçar que Rui Oliveira e Ivo Oliveira também continuarão na equipa árabe em 2020.

, , ,