Superman Lopez supera o nevoeiro e conquista El Gamoniteiru!

Última etapa de alta montanha da Vuelta, com um dia brutal, com subidas atrás de subidas! Sendo esta a derradeira oportunidade para muitos puros trepadores, vimos mais uma luta intensa pela presença na fuga o que levou a um grupo numeroso, com mais de 30 corredores, a estarem na frente. Destaque para a presença de Rein Taaramae, Rafal Majka, Michael Storer, Fabio Aru, Gianluca Brambilla e Gorka Izagirre.



Sendo a única equipa que não tinha ninguém na frente, talvez por estratégia, a Bahrain-Victorious começou cedo a perseguição, não deixando a escapada ganhar mais de 4 minutos. Foi na segunda subida do dia, o Alt de la Cobertoria, que Michael Storer partiu para a aventura em solitário, arrancando a mais de 70 quilómetros da chegada.

O australiano foi ganhando segundos atrás de segundos ao grupo perseguidor e entrou na subida para o Altu la Segá o del Cordal com mais de 2 minutos de vantagem para um pequeno grupo perseguidor que, nas primeiras rampas da escalada, foi apanhado pelo pelotão onde a Movistar e a UAE Team Emirates também trabalharam.

O Altu d’El Gamoniteiru iniciou-se com Storer na frente com 2:30 de vantagem para o pelotão e 2 minutos para Romain Bardet, ciclista que atacou em plena ascensão, procurando pontos para a montanha, que já era virtualmente do seu companheiro de equipa. O francês foi rapidamente apanhado pelo pelotão onde Geoffrey Bouchard e David de la Cruz foram os primeiros a atacar.



O espanhol apanhou e distanciou Storer a 7 quilómetros do fim, entrando na parte mais dura da subida com 45 segundos para o grupo dos favoritos, onde era a Intermarché-Wanty, com Jan Hirt, quem trabalhava. As mexidas aconteceram dentro dos 5 quilómetros com Bernal a atacar! O colombiano mexia e com ele levava Roglic, Kuss, Lopez e Mas.

Logo de seguida foi Miguel Angel Lopez a atacar, este sem resposta dos seus rivais. O colombiano estava muito forte e rapidamente chegou e passou por De la Cruz. Os últimos 2800 metros foram feitos em solitário, muito duros, no entanto o ciclista da Movistar conseguiu aguentar a perseguição feroz de Roglic, Bernal e Mas, onde os dois primeiros tentaram com vários ataques.



No meio do nevoeiro cerrado, triunfo para Miguel Angel Lopez! Primoz Roglic chegou a 14 segundos, Mas a 20, Bernal a 22 e a 58 Haig, de la Cruz, Mader e Meintjes. Nos primeiros lugares, a geral não teve mexidas, com Roglic a solidificar a sua liderança, agora com 2:30 de avanço para Mas e 2:53 para Lopez.

, , , , , , ,