As 3 transferências do dia com uma boa noticia para o ciclismo português

O dia começou com uma excelente notícia para o ciclismo português, Daniel Viegas, foi oficializado na formação continental que tem uma relação estreita com Alberto Contador, a Polartec-Kometa. Daniel Viegas passa assim para o profissionalismo após 2 anos na equipa sub-23 da Fundação Alberto Contador, e segundo a equipa “esta é uma promoção que vem premiar o enorme trabalho do corredor luso, um trabalho silencioso e pouco mediático.” Daniel Viegas disse que “é uma forma de demonstrar que também se pode chegar ao profissionalismo com base em muito trabalho, sem ganhar corridas.” Parabéns Daniel!

A equipa da BMC/CCC (ainda não existe nome oficial para 2019) anunciou a primeira contratação para a próxima temporada. Havia promessas de aposta nas clássicas e este ciclista vem mostrar isso mesmo. Guillaume van Keirsbulck regressa ao World Tour, depois de 6 temporada na estrutura da Quick-Step e 2 na Wanty. Keirsbulck é um ciclista poderoso, com um grande motor, um puro sangue das clássicas que teve na época de 2014 a sua melhor, onde ganhou a Driedaagse de Panne, a Driedaagse van West-Vlaanderen e ainda 1 etapa no Eneco Tour.

De saída da actual estrutura da BMC está Danilo Wyss, que foi anunciado hoje como reforço da Dimension Data, o que quer dizer que irá continuar a correr com as mesmas bicicletas, fruto do acordo da Dimension Data com a marca BMC. Wyss tem 32 anos, é um ciclista de trabalho, um puro rolador que será uma ajuda nas clássicas (para Michael Valgren e possivelmente Edvald Boasson Hagen). Já foi campeão nacional e 2º numa etapa da Vuelta. Sam Hubbard Authentic Jersey hogan saldi

, , , , , , ,