Estreia intocável no Tour dá primeiro round e amarela a Gaviria

Início da 105ª edição do Tour de France e o protocolo inerente a estas etapas longas e planas manteve-se, uma fuga de 3 elementos que se destacou logo nos primeiros metros da tirada (Jerome Cousin, Kevin Ledanois e Yoann Offredo) e que teve 3:30 de avanço. No pelotão mostravam-se as intenções, com Quick-Step Floors, Dimension Data, Team LottoNL-Jumbo e Groupama-FDJ a perseguirem.

A 30 kms da meta, quando a diferença se cifrava em 1 minuto, começou a luta pela camisola da montanha, que ficou para Kevin Ledanois. Ledanois foi apanhado pouco depois e a 17 kms saltou do pelotão Oliver Naesen, para alcançar 1 segundo de bonificação no sprint intermédio. A primeira queda colectiva deste Tour aconteceu a 11 kms da meta, com Arnaud Demare a ficar afectado. Mais ou menos nesta altura a fuga foi alcançada.

O ritmo acelerou imenso com Porte, Yates, Bernal e Latour para trás e a 5 kms do final Chris Froome caiu de forma feia, ficando também no 2º grupo. O drama aumentou quando Quintana furou ainda fora dos 3 kms finais e perdeu imenso tempo. A Bora-Hansgrohe forçou muito o ritmo e estirou o pelotão, entrámos na preparação do sprint final.

A Quick-Step Floors tomou o controlo à entrada do quilómetro final, com Gaviria e Sagan com um posicionamento perfeito. Foi o colombiano a lançar o esforço final e com um sucesso tremendo, ninguém o conseguiu ultrapassar, nem Sagan que estava na sua roda e que teve de se contentar com o 2º lugar. Kristoff e Kittel lutaram intensamente pelo 3º posto, ficando para o alemão da Katusha-Alpecin o lugar mais baixo do pódio. Fernando Gaviria é o primeiro camisola amarela desta 105ª edição do Tour.

Alguns dos favoritos à vitória final perderam já hoje tempo muito importante, Richie Porte, Adam Yates, Ion Izagirre, Chris Froome e Domenico Pozzovivo cederam 51 segundos, Nairo Quintana e Egan Bernal perderam 1:15. Pierre Latour já leva 2:11 de atraso.

 Sam Gagner Authentic Jersey nike air max 90