Ivo Oliveira supera a concorrência e sagra-se campeão nacional de contra-relógio

Começaram hoje os Campeonatos Nacionais de ciclismo! Paredes é a capital do ciclismo nacional nos próximos três dias, e será nesta cidade que se vão decidir os títulos de sub-23 e elites. Hoje foi dia para as provas de contra-relógio, dois esforços curtos para o que muitos ciclistas estão habituados mas com um percurso sinuoso.



Entre os elites, Jorge Magalhães marcou o primeiro registo de relevo, com 24:37. O jovem ciclista da W52-FC Porto esteve algum tempo no primeiro lugar, até surgir Tiago Machado, ele que foi o primeiro corredor a baixar do minuto 24, terminando com 23:58. O ciclista da Efapel via os seus rivais chegarem e ninguém conseguia superar o seu registo, isto até chegar Ivo Oliveira.

O jovem corredor da UAE Team Emirates fazia 23:45 e saltava para a liderança, gastando menos 13 segundos que o famalicense. Rafael Reis, Joni Brandão, José Neves e Ricardo Mestre chegaram e nenhum deles se conseguia aproximar do melhor registo nem do 2º lugar. Tudo para decidir nas chegadas de Rui Costa e José Gonçalves. Mais 9 segundos gastava o poveiro com o campeão nacional do ano passado a terminar ainda mais longe, a 41 segundos. Estava entregue o título! Ivo Oliveira derrotava Rui Costa e Tiago Machado sendo o novo campeão nacional da especialidade. Após títulos nacionais em juniores e sub-23, este era o título que faltava no palmarés do ciclista da equipa árabe.



Antes, foram para a estrada os sub-23, numa luta, também ela, renhida. Guilherme Mota da Kelly/InOut Build/UDO foi o mais rápido em Paredes, completando o percurso em 24:58, sagrando-se o novo campeão nacional de contra-relógio, sucedendo a João Almeida. Daniel Dias, da Sicasal/CM Torres Vedras, foi 2º a 13 segundos, com Pedro Andrade, da Hagens Berman Axeon, fechou o pódio, a 23 segundos.

, , , , , , , ,