Simon Yates confirma favoritismo e vence na Vuelta às Astúrias, Joaquim Silva 9º

Dia de ciclismo no país vizinho com o começo da Vuelta às Astúrias, prova de 3 dias, com muita montanha e que conta com a presença das equipas portuguesas Efapel Cycling e Aviludo-Louletano. A equipa algarvia queria mostrar-se desde cedo e colocou Tomás Contté em fuga, com o argentino a ter a companhia de Peio Goikotxea, Isaac Canton, Xavier Canelas e José Maria Garcia.



Movistar e BikeExchange tinha Ivan Sosa e Simon Yates e, desde logo, assumiram o controlo da corrida, com a fuga a ter o seu término a 35 quilómetros da chegada. O sempre combativo Pierre Latour tentou surpreender de longe, mas tudo se decidiu na subida final de Carabanzo, que terminava a menos de 10 quilómetros do final.

Damien Howson fez o primeiro ataque, Ivan Sosa respondeu e, no contra-ataque, Simon Yates saiu muito forte. O britânico voou subida acima, aguentou a perseguição na descida e na fase de plano que se seguiu e, em Pola de Lena vencia de forma isolada, sendo, por isso, o primeiro líder da prova.



A 14 segundos chegava um grupo de 10 ciclistas, com Vincenzo Albanese e Alexis Vuillermoz a ser 2º e 3º, conseguindo importantes bonificações. Nesse grupo estava Joaquim Silva, terminando em 9º.

, , , , , , , ,