Elia Viviani desforra-se de Fernando Gaviria em grande estilo

Nova etapa no UAE Tour e novo dia de fuga para a Gazprom-Rusvelo e Novo Nordisk. Pelo quarto dia consecutivo, Stepan Kurianov e Charles Planet estiveram em fuga, desta vez na companhia de Fabio Calabria, Anton Vorobyev e Sergey Shilov.




Ao contrário dos outros dias, esta fuga nunca teve mais de 4 minutos, uma vez que as equipas dos sprinters se meteram ao trabalho bem cedo. Na frente, Planet e Kurianov continuaram a sua luta pela classificação dos sprints intermédios, com cada um a passar um sprint na frente.

À falta de 32 quilómetros para o fim, a fuga era alcançada e a corrida tornou-se algo monótona até aos 10 quilómetros finais, altura em que o pelotão começou a acelerar. Várias foram as equipas a passar pela frente mas, como tem vindo a ser habitual, nenhuma se conseguiu manter na frente durante muito tempo. Entretanto Marc Sarreau ficou fora da luta devido a queda, caindo praticamente no meio do pelotão, quase miraculosamente foi o único a ir ao chão.




A confusão manteve-se, até que a 600 metros da meta, e tal como na 1ª etapa, foi para a frente Alexander Kristoff, fazendo mais um lançamento perfeito para Fernando Gaviria. Parecia que o colombiano iria para uma 2ª vitória nesta prova, mas os 100 metros finais foram muito equilibrados e com uma capacidade de explosão incrível foi Elia Viviani a ganhar, por uma unha negra à frente de Fernando Gaviria, Marcel Kittel e Sam Bennett. Rui Costa foi 42º e Nelson Oliveira 99º, ambos com o mesmo tempo do vencedor da jornada.

, , , , , , , , ,