Exibição de luxo vale triunfo e liderança da Vuelta a Andalucia a Ethan Hayter

Segundo dia da Vuelta a Andalucia com mais uma chegada complicada, esta ainda mais dura que ontem, um completo muro. As dificuldades ao longo do dia também eram mais, o que antevia uma luta mais intensa pela classificação geral. O líder da montanha Rui Oliveira voltou a repetir a presença na fuga, tal como Jesus Soto, sendo que hoje foram acompanhados por Timo Roosen, Tobias Bayer, Álvaro Cuadros e Aaron van Poucke.




O português foi aproveitando a presença na frente para amealhar pontos importantes para a classificação da montanha, tendo vencido duas das contagens e feito 2º noutra. Incrivelmente, a 65 quilómetros do fim, o azar voltou a bater-lhe à porta, com mais uma queda, com Soto, Bayer e Van Poucke a também ficarem envolvidos.

Com a diferença a rondar os 2 minutos e meio, a Movistar e a Trek-Segafredo controlavam de perto a, agora, reduzida fuga onde, na frente, já só estavam Roosen e Cuadros. Aos poucos a diferença foi diminuindo e, a 17 quilómetros da chegada, depois da Kern Pharma também ter ajudado, a fuga era apanhada.




A dureza da subida para o Alto de la Hortichuela fez as suas primeiras vítimas, Toms Skuijns esboçou um primeiro ataque, mas foi uma ofensiva de Miguel Angel Lopez a 13,3 quilómetros do fim a partir o grupo. O colombiano levou consigo cerca de 10 ciclistas. Depois de várias tentativas, Skuijns voltou à carga no final da subida, entrando com uma ligeira vantagem na descida.

O letão da Trek-Segafredo aproveitou a desorganização no grupo para entrar com 10 segundos de vantagem para o grupo perseguidor à entrada do quilómetro final. As duras rampas finais foram fatais para Skuijns. A 700 metros do fim era apanhado para uma bala chamada Ethan Hayter. O britânico voou no empedrado de Alcalá la Real e com uma enorme exibição triunfo no alto desta subida. Lopez foi 2º mas a já 8 segundos, com Sven Erik Bystrom a fechar o pódio a 10 segundos. Amezqueta e Rodriguez chegaram a 14 segundos, terminando no top-5.



A geral sofreu bastantes alterações, os ciclistas hoje chegaram a conta gotas. Hayter é líder com 11 segundos de vantagem para Lopez e 13 para Bystrom. O top-10 está já separado por 31 segundos.

 

, , , , , , ,