Primeiro título mundial das provas individuais é para a Rússia

Um curto esforço de 13700 metros foi o mote para início das provas individuais deste Mundial de Yorkshire, com o contra-relógio das juniores femininas. Um pelotão competitivo de 50 ciclistas à partida onde estava a portuguesa Daniela Campos à procura de um bom resultado e de ganhar experiência internacional.




Com uma distância tão reduzida o equilíbrio foi a nota dominante, depois de todas as corredores passarem no intermédio ao quilómetro 6.3 a russa Aigul Gareeva e a britânica Elynor Backstedt estavam empatadas ao segundo e a luta pelo bronze estava igualmente equilibrada, entre 3ª e 7ª havia menos de 2 segundos.

A parte final foi dramática, Gareeva enganou-se numa viragem a 500 metros da meta e mesmo assim marcou o melhor registo provisório, só que ainda faltava chegar Backstedt. O problema para a britânica foi a parte final mais dura, sofreu uma quebra e quedou-se pela medalha de bronze em casa, a mesma que tinha conquistado em Innsbruck no ano passado. Foi a Rússia com Aigul Garreva que ficou com o ouro, com a campeã europeia Shirin van Anrooij a ficar com a prata, somente a 3 segundos de Gareeva.




A 4ª classificada foi Camilla Alessio, repetindo o 4º posto dos Europeus. Daniela Campos foi 33º a menos de 2 minutos da vencedora, a ciclista portuguesa realizou uma prova de trás para a frente depois de ter passado em 38ª no intermédio.

, , , ,