Rohan Dennis estreia-se pela Jumbo-Visma com título nacional e excelente exibição

Ballarat acolheu pelo terceiro ano consecutivo os Nacionais de contra-relógio australianos num percurso bastante rápido de 37 quilómetros. À partida havia 3 grandes favoritos, o campeão de 2018 Rohan Dennis, o campeão de 2020 Luke Durbridge e o campeão de 2021 Luke Plapp, reduzidos a 2 já que Luke Plapp não partiu por estar em isolamento, graças às regras australianas de combate à pandemia.




Na estreia com a camisola da Jumbo-Visma e horas depois de fazer umas declarações bem interessantes sobre a sua saída da Ineos-Grenadiers, Rohan Dennis recuperou o título que foi dele entre 2016 e 2018 a uma média alucinante de 49,3 km/h para terminar com 1:13 de vantagem para Luke Durbridge, que lhe tinha derrotado de forma surpreendente em 2019 e 2020. A medalha de bronze ficou para Conor Leahy, ainda a menos de 2 minutos do ex-campeão do Mundo.

Foi uma exibição impressionante principalmente tendo em conta a fase da temporada em que ainda estamos, quando nem vai haver Tour Down Under, que poderia ser um objectivo para Dennis. Tem sido utilizado o mesmo traçado de 37,5 kms nos últimos anos, Durbridge ganhou em 2020 com 46:18, Plapp em 2021 com 46:00 e Dennis parou o relógio em 45:34, retirando 26 segundos ao anterior recorde do percurso, para além da vantagem com que acabou sobre Durbridge, que somou o seu 9º pódio em Nacionais de contra-relógio.



Entre os sub-23 ganhou Carter Turnball, ainda sem equipa para 2022 e que em 2021 representou a Trinity Racing, enquanto nas mulheres também houve uma vencedora estreante já que Grace Brown deu mais de 1 minuto a toda a gente na primeira competição com as cores da equipa feminina da FDJ. Amber Pate e Lisa Jacob completaram o pódio. Nomes fortes como Amanda Spratt, Chloe Hosking ou Rachel Neylan não estiveram presentes.

, , , , , , ,