“Superman” Lopez arrasa a concorrência e conquista o Mont Ventoux

Dia de Mont Ventoux Denivele Challenge, uma clássica francesa do calendário europeu que teve hoje a sua 3ª edição, e logo com Mont Ventoux em dose dupla. A Movistar tinha grande favoritismo à partida, com Enric Mas e Miguel Angel Lopez, enquanto Ben O’Connor corria por fora.




A fuga obrigou o pelotão a algum trabalho, já que tinha Roger Adrià, Magnus Cort, Quentin Pacher, Romain Hardy, Antoine Duchesne, Delio Fernandez e Flavien Maurelet. Nunca lhes foi concedida muita vantagem, com a Movistar a controlar a cerca de 3 elementos. Da escapada o mais forte foi Quentin Pacher, atacou na primeira passagem pelo Mont Ventoux e entrou sozinho na subida final com Adrià, tendo o duo quase 2 minutos para o grupo principal. O francês rapidamente deixou o espanhol para trás.

De uma forma algo surpreendente foi a Ag2r Citroen, e não a Movistar a fazer a primeira grande selecção no grupo principal, reduzindo o mesmo a cerca de 15 ciclistas. Só que a 12 kms da meta Miguel Angel Lopez arrancou, Bem O’Connor e Kenny Elissonde não conseguiram responder de imediato e o colombiano começou a ganhar muita vantagem. Apanhou e ultrapassou rapidamente Quentin Pacher e em 3 kms ganhou cerca de 1:15 para um grupo onde vinham O’Connor, Elissonde, Oscar Rodriguez, Cristian Rodriguez e Enric Mas.




Lopez logrou uma margem de 1:30 para os perseguidores e a partir daí foi aumentando paulatinamente a vantagem, sabendo que a vitória estava no bolso, enquanto os adversários mais directos se atacavam. Foi Oscar Rodriguez a ganhar algum avanço, sendo perseguido e alcançado por Enric Mas a 4 kms da meta.

Lopez teve tempo para tudo, cruzando a meta praticamente após 4h30 de corrida. Mesmo trabalhando nos últimos 4 kms com Enric Mas na roda, Oscar Rodriguez conseguiu ter explosão para assegurar o 2º posto diante do corredor da Movistar, mas a quase 2:30 do vencedor do dia. O 10º classificado, Geoffrey Bouchard, terminou a mais de 6 minutos.

, , , , , , ,