Tribunal arbitral levanta suspensão e Vicente de Mateos pode correr na Volta

Vicente Garcia de Mateos e Ibai Salas estavam suspensos preventivamente por 3 meses pela Agência Espanhola de Proteção da Saúde no Desporto (AEPSAD), após ambos terem registado resultados anómalos no passaporte biológico, um mecanismo de controlo imposto recentemente por aquela agência.
Essa suspensão preventiva impedia os ciclistas de competir, mas ambos receberam luz verde para competir dia 27 de Julho, numa decisão do Tribunal Administrativo do Desporto (TAD), após ambos os ciclistas recorrerem para este organismo. O TAD decidiu favoravelmente a estes atletas, com o principal argumento dos ciclistas não terem sido ouvidos antes de serem tomadas sequer as medidas cautelares, indo ao encontro do direito de todas as pessoas serem ouvidas antes que se tomem ações que as afetem desfavoravelmente, mesmo que nenhuma norma exija a audiência previa segundo relata o diário Ás.
Desta forma, Vicente Garcia de Mateos e Ibai Salas podem competir enquanto o resto do processo decorre, podendo ainda ser suspensos ou absolvidos pelas alegadas irregularidades no passaporte biológico. De momento são boas notícias para a formação do Aviludo-Louletano, que planeou a temporada contando com Vicente Garcia de Mateos como líder para a Volta e vai poder contar com o espanhol, que será acompanhado por Luís Mendonça, Luís Fernandes, Márcio Barbosa, Rui Rodrigues, David de la Fuente e Oscar Hernandez. O anúncio oficial da equipa aconteceu dia 27 de Julho, o mesmo dia em que saiu a decisão do Tribunal Administrativo do Desporto. Chris Jones Authentic Jersey michael kors saldi

, , , , ,