Análise ao percurso da Vuelta a Espanha 2021: de Burgos a Santiago de Compostela em 21 dias!

De Burgos, a 14 de agosto, a Santiago de Compostela, a 5 de setembro, é este o caminho da Vuelta a Espanha de 2021! Ao todo são 7 chegadas em alto onde se podem fazer grandes diferenças, e um total de 41,7 kms de contra-relógio individual, 8 kms a abrir e 33,7 kms a fechar.



A Volta a Espanha terá início da região de Burgos com um contra-relógio individual de 8 kms, ao qual se segue uma etapa para sprinters. A primeira chegada em alto surge logo na 3ª etapa com o Picon Blanco, uma subida de 9 kms que vai servir para fazer as primeiras grandes diferenças.

Seguem-se 3 etapas para sprinters e puncheurs, na 4ª etapa o final é em ligeira subida, na 5ª jornada o vento pode ser um verdadeiro perigo e na 6ª tirada existe 1,6 kms a 10% no final. O primeiro dia com muito desnível é a 7ª etapa, 152 kms com 2 contagens de 1ª categoria, 1 delas a coincidir com a meta, 2 contagens de 2ª categoria e 2 montanhas de 3ª categoria.

A 8ª tirada é nova oportunidade para os puros sprinters antes de uma das jornadas decisivas. Serão mais de 4000 metros de desnível, com 2 monstros para subir, o Alto Collado Venta Luis, quase aos 2000 metros de altitude, e o Alto de Velefique, uma contagem especial com 12 kms a coincidir com a meta. O último final em Velefique remonta a 2009.



Nesta fase intermédia da Vuelta as jornadas 10, 11 e 12 aparentam ser de média montanha, todas com contagens de 2ª categoria relativamente perto da meta, veremos se dão para uma fuga ou se as circunstâncias da corrida ditam que serão os ciclistas da geral a lutar pela vitória. A 13ª etapa é plana, com quase 200 kms, a anteceder a fase decisiva desta Grande Volta.

Começa com a chegada ao Pico Villuercas, uma das subidas mais duras desta Vuelta, com quase 15 kms a cerca de 7%. Segue-se uma etapa de alta montanha com quase 200 kms, que convida a ataques de longe, as principais dificuldades estão a mais de 30 kms da meta. 30 de Agosto será dia de descanso, que precede a penúltima oportunidade para os puros sprinters, numa jornada com algumas colinas pelo meio.



A 17ª etapa terá a chegada em alto aos Lagos de Covadonga, sendo que pelo meio há mais 2 contagens de 1ª categoria, mais um dia duríssimo, com mais de 180 kms e mais de 4000 metros positivos de desnível. A 18ª jornada talvez seja mesmo a etapa rainha, cerca de 5000 metros de acumulado em 160 kms, com o final no Altu d’El Gamoniteiru, 15 kms a quase 10% de inclinação média.

Na 19ª tirada entre Tapia e Monforte de Lemos poderemos ver mais um sprinter a vingar, sendo que o penúltimo dia não tem dureza por aí além, é sim um dia rompe pernas, com 5 contagens de montanha nos últimos 100 kms, é um traçado que convida a ataques e a uma corrida partida. A Vuelta termina como acaba, com um contra-relógio, desta vez de 33,7 kms em Santiago de Compostela.

Fazendo uma análise global, a organização abandonou um pouco a ideia de etapas de montanha muito curtas, a lembrar os traçados das corridas de juniores e sub-23 e voltou a apostar em jornadas mais longas e duras, com grande acumulado. Como sempre, é preciso entrar sempre bem, logo ao 3º dia há uma chegada em alto que poderá marcar diferenças importantes.



Há 2 contra-relógios, ambos relativamente planos o que favorece os corredores mais completos e vai obrigar os puros trepadores a atacar. Os puros sprinters também terão as suas oportunidades, mais que o habitual, pelo menos 5/6 chances para levantarem os braços.

Só há 1 contra-relógio e mesmo esse esforço individual tem uma subida dura no final e com apenas 3 etapas para os puros sprinters as oportunidades são muito escassas. É verdade que todos gostamos de ver montanha, mas falta alguma variedade, especialmente etapas de montanha longas.




Percurso da Vuelta a Espanha 2021:

Etapa Data Partida Chegada Distância Tipo
1 14/08/2021 Burgos Burgos 7 Contra-relógio individual
2 15/08/2021 Caleruega Burgos 167 Plano
3 16/08/2021 Santo Domingo de Silos Picón Blanco 203 Alta montanha
4 17/08/2021 El Burgo de Osma Molina de Aragón 164 Plano
5 18/08/2021 Tarancón Albacete 184 Plano
6 19/08/2021 Requena Alto de la Montaña de Cullera 158 Média montanha
7 20/08/2021 Gandía Balcón de Alicante 152 Alta montanha
8 21/08/2021 Santa Pola La Manga del Mar Menor 174 Plano
9 22/08/2021 Puerto-Lumbreras Alto de Velefique 188 Alta montanha
Descanso 23/08/2021
10 24/08/2021 Roquetas de Mar Rincón de la Victoria 189 Média montanha
11 25/08/2021 Antequera Valdepeñas de Jaén 137 Média montanha
12 26/08/2021 Jaén Córdoba 175 Média montanha
13 27/08/2021 Belmez Villanueva de la Serena 204 Plano
14 28/08/2021 Don Benito Pico Villuercas 166 Alta montanha
15 29/08/2021 Navalmoral de la Mata El Barraco 198 Alta montanha
Descanso 30/08/2021
16 31/08/2021 Laredo Santa Cruz de Bezana 180 Média montanha
17 01/09/2021 Unquera Lagos de Covadonga 186 Alta montanha
18 02/09/2021 Salas Altu d’El Gamoniteiru 163 Alta montanha
19 03/09/2021 Tapas Monforte de Lemos 192 Média montanha
20 04/09/2021 Sanxenxo Mos. Castro de Herville 202 Alta montanha
21 05/09/2021 Padrón Santiago de Compostela 34 Contra-relógio individual
, , , , , , , , ,