David Gaudu vence etapa final, João Almeida é 2° e triunfa na Volta ao Luxemburgo

Dia final da Volta ao Luxemburgo, com a última etapa da competição a terminar na capital deste pequeno país, a cidade de Luxemburgo, num circuito com algumas dificuldades. Otto Vergaerde, Ben King, Morten Hulgaard e Kenny Molly formaram a fuga do dia, onde o mais interessado era o último visto que conseguiu defender, com sucesso, a sua liderança na classificação da montanha.




Numa primeira fase a Deceuninck-QuickStep, e já nos 60 quilómetros finais a AG2R Citroen e Trek-Segafredo foram reduzindo a diferença para o quarteto que teve o fim da sua aventura a 21 quilómetros da chegada, já em pleno circuito final. O grupo manteve-se unido até ao sprint intermédio, 12 quilómetros da chegada, onde Hirschi bonificou 3 segundos e Cattaneo 2.

Pouco depois, Sebastian Reichenbach ganhou uma pequena vantagem, obrigando a UAE Team Emirates a perseguir. Os 10 segundos foram anulados rapidamente, com o grupo a entrar compacto nos derradeiros 3500 metros.

Oier Lazkano e Nairo Quintana foram os primeiros a atacar na subida, Cosnefroy, João Almeida e Marc Hirschi fecharam o espaço. O grupo parou um pouco e David Gaudu atacou. Estávamos nos 500 metros finais e a vantagem foi suficiente para o gaulês. João Almeida tentou fechar o espaço mas a vitória estava assegurada para Gaudu! Almeida foi 2° e Pierre Latour 3°.




A classificação final não teve grandes alterações. João Almeida leva de vencida a Volta ao Luxemburgo, triunfando também na classificação por pontos e na juventude. Marc Hirschi e Mattia Cattaneo completaram o pódio final.

, , , , , ,