Michael Woods imbatível no Mur de Fayence

A segunda etapa do Tour des Alpes Maritimes et du Var era mais um duro teste às favoritos à vitória final, com uma chegada exigente ao Mur de Fayence, local tradicional nesta prova. Biniam Ghirmay, Clement Berthet, Victor de la Parte, Hugo Houle, Cyril Barthe, Andrea Mifsud e Dylan Kowalski marcaram a fuga do dia.



Trek-Segafredo e Groupama-FDJ foram as equipas mais empenhadas na perseguição à numerosa escapada que começou a fragmentar-se a 33 quilómetros do fim, aquando da primeira passagem pela meta, altura em que a fuga ainda tinha quase 3 minutos. Faltava aparecer a INEOS Grenadiers e a equipa britânica fê-lo em força a 15 quilómetros da chegada, anulando o que restava da fuga, com o pelotão a seguir compacto nos últimos 2500 metros da etapa.

A aproximação ao quilómetro final foi feita a alta velocidade, com a AG2R Citoren a entrar na frente na subida final. Alexis Vuillermoz tentou surpreender a 500 metros do fim mas sem sucesso, com todos a seguirem na sua roda. Michael Woods colocou-se na frente a 300 metros da chegada, aos poucos foi aumentando o ritmo e, um a um, os seus rivais foram cedendo.



O canadiano da Israel Start-Up Nation esteve imparável e festejou, com grande à-vontade, no topo do Mur de Fayence. O líder Bauke Mollema foi 2º, a 2 segundos, com Jhonatan Narveaz a fechar o pódio, a já 4 segundos. David Gaudu foi 4º a 7, com um grupo importante a chegar a 13 segundos, onde estavam nomes como Pavel Sivakov, Nairo Quintana, Daniel Martin, Giulio Ciccone e Thibaut Pinot. Michael Woods é o novo líder da competição, empatado em tempo com Mollema.

, , , , , , ,