Antevisão da 10ª etapa da Volta a Portugal 2022

Dia de todas as decisões! É em Vila Nova de Gaia que a Volta a Portugal vai conhecer o seu vencedor. Frederico Figueiredo ou Mauricio Moreira, quem leva a amarela para casa?

 

Percurso

Se em 2020 os ciclistas fizeram uma ligação entre Vila Nova de Gaia e o Porto, este ano o traçado será em sentido inverso. Partida na Avenida Francisco Xavier Esteves e logo ao quilómetro 2 aparecem 400 metros a 5,5%. Logo de seguida 900 metros a 6,2% e estão ultrapassados os primeiros 5000 metros de esforço individual.



Uma rápida descida de 5 quilómetros leva os ciclistas até nova colina, esta com 800 metros a 6,5%. Um pequeno falso plano e nova descida e novo pequeno topo, este com 800 metros a 6,5%. O terreno ondulante está praticamente ultrapassado, seguindo-se 2 quilómetros planos antes dos derradeiros 1000 metros em descida até à meta na Marginal da Gaia.

 

Favoritos

A Glassdrive/Q8/Anicolor tem aqui tudo para somar a 5ª vitória na Volta a Portugal. Mauricio Moreira está em grande forma e vai entrar a todo o gás para conseguir o grande objectivo que é triunfar na geral. O uruguaio sofreu um pouco na subida final mas amanhã chega à sua especialidade, é dos melhores especialistas devido à sua envergadura física e potência.

Rafael Reis já venceu o prólogo, é o melhor contra-relogista neste momento a correr em Portugal, o título nacional dá-lhe esse estatuto e tem dominado a especialidade nos últimos tempos. Vencer a abrir e a fechar tal como em 2021 é um cenário bastante possível.

 

Outsiders

Joey Rosskopf é, sem sombra de dúvidas, o melhor especialista nas equipas estrangeiras. O norte-americano tem já muita experiência, já passou pelo World Tour, e um esforço mais longo adequa-se melhor às suas características. Está a ter um bom final de Volta a Portugal e uma vitória para a Human Powered Health também era merecido.



Alejandro Marque deu tudo o que tinha no dia de hoje, esvaziando o seu tanque mas os homens da geral recuperam sempre bem e aparecem entre os primeiros nestes dias. No dia de despedida da Volta a Portugal, o galego quererá deixar mais uma grande imagem, numa especialidade em que sempre foi bom ao longo da sua carreira.

António Carvalho tem os olhos postos no pódio final e vai dar tudo na estrada! Com menos de meio minuto de desvantagem para o 3º lugar, o ciclista português vai a fundo para tentar acompanhar os seus companheiros no pódio. Um contra-relógio no final de uma prova tão dura favorece os homens da geral.

 

Possíveis surpresas

Por falar em lutas, Txomin Juaristi ainda pode sonhar com o top 10 final. O basco defende-se bem no esforço individual, ainda para mais este ondulante, mas terá em Henrique Casimiro um ciclista que também anda bem no esforço individual e pode surpreender. Tiago Antunes descobriu uma veia de contra-relogista esta temporada e, depois de uma Volta a Portugal abaixo das expectativas, quererá acabar bem e dar uma melhor imagem de si. Alexander Grigorev é um ciclista muito completo, todo o terreno se adapta ao russo, um lugar entre os primeiros é provável. Na despedida, Tiago Machado vai querer estar entre os melhores, numa especialidade onde sempre se defendeu. Depois de aguentar toda a dureza da Volta a Portugal, Oliver Rees tentará uma pequena surpresa, ele que foi um dos mais fortes no prólogo. Olho, ainda, em Asier Etxeberria.

 

Super-Jokers

Os nossos Super-Jokers são Alvaro Trueba e Carlos Oyarzun.



, , , , ,