Maurício Moreira triunfa em Vila Nova de Gaia e sagra-se vencedor da Volta a Portugal 2022!

Dia final da Volta a Portugal, com um complicado contra-relógio entre Porto e Vila Nova de Gaia, onde o venezuelano José Bruzual da Java Kiwi Atlántico foi o primeiro a fazer-se à estrada. Pouco depois saía um dos grandes candidatos, o campeão nacional da especialidade Rafael Reis que, com naturalidade, marcou o primeiro tempo de referência com 26:23.



O ciclista da Glassdrive/Q8/Anicolor esteve no hot seat bastante tempo, Oliver Rees ainda ameaçou ficando a apenas 3 segundos mas depois seguiu-se um pequeno show da Euskaltel-Euskadi, primeiro com Xabier Isasa a retirar 2 segundos ao tempo de Rafael Reis e depois Txomin Juaristi a tirar 5 segundos ao tempo do seu companheiro de equipa.

Faltavam os 10 primeiros da geral e foi preciso esperar por António Carvalho para termos um novo melhor registo. O vencedor da etapa de ontem fez 25:28, retirando 47 segundos ao tempo de Juaristi e assegurando a subida ao pódio final, uma vez que Luís Fernandes terminou com 27:06.

Pelo meio chegaram Alejandro Marque, com 26:12, e Maurício Moreira, com 25:07, um registo que o colocava na liderança do contra-relógio. Frederico Figueiredo era o derradeiro ciclista a chegar, defendeu-se muito bem mas não foi suficiente para manter a camisola amarela, pois perdeu 1:16 para o seu companheiro de equipa.



Contas finais, Maurício Moreira é o vencedor final da Volta a Portugal, com 1:09 de vantagem para Frederico Figueiredo. O pódio é completo por outro Glassdrive/Q8/Anicolor, António Carvalho. Frederico Figueiredo venceu a montanha, Scott McGill os pontos, Jokin Murguialday a juventude e a Glassdrive/Q8/Anicolor triunfou por equipas.

, , , , , , , ,