Brilhante Arnaud Demare vence etapa e confirma geral

Dia decisivo no Tour de Wallonie, com a etapa rainha da competição a ser o palco final dos ciclistas. O início de corrida foi muito rápido, devido à existência de dois sprints intermédios nos primeiros quilómetros, levando a bonificações de Greg van Avermaet, Jhonatan Narvaez e Matteo Trentin.



Foi já com mais de 50 quilómetros disputados é que um grupo se formou na frente de corrida. O principal destaque era a presença de Zdenek Stybar, um perigo na classificação geral. A juntar-se ao checo estavam na frente Scott Thwaites, Jens Reynerds, Andreas Kron, Tom Paquot, Stan Dewulf e Lionel Taminiaux. CCC Team, AG2R La Mondiale e Team INEOS tinham intensões à etapa e à geral, trabalhando desde cedo no pelotão. A perigosidade de Stybar fez com que os 7 elementos da fuga nunca tivessem mais de 3 minutos de avanço e, quando o pelotão assim o quis, começou a reduzir a diferença.

Foi mesmo na última grande dificuldade do dia, o Cote de Beffe, à falta de 10 quilómetros para a meta, que o pelotão apanhou a fuga. Poucos foram os ataques nessa subida e foi a própria dureza a fazer diferenças, ficando cerca de 10 ciclistas na frente. Aproveitando uma hesitação no grupo Jhonatan Narvaez atacou no grupo e, sem colaboração, esse grupo ficou à espera do grupo onde vinha o líder Arnaud Demare.



O equatoriano chegou a ter 25 segundos mas a Groupama-FDJ organizou-se rapidamente, fazendo um trabalho de perseguição excelente, tal como no dia de ontem. O ciclista da Team INEOS iria morrer na praia, sendo apanhado nos últimos 500 metros, depois da AG2R La Mondiale também se ter metido ao trabalho.

Philippe Gilbert tentou surpreender mas Arnaud Demare colou-se na sua roda e foi já dentro dos 100 metros finais que ultrapassou o belga para conquistar a vitória e selar o triunfo na classificação geral. Greg van Avermaet fechou no 3º posto. Na classificação geral, Demare triunfou, com Avermaet em 2º.




, , , , , ,