Ethan Hayter responde aos críticos com 2ª vitória no Tour de Romandie

Terceiro dia da Volta a Romandia, em teoria, a jornada mais acessível da semana o que podia dar a oportunidade aos poucos sprinters presentes em estradas helvéticas. Rigoberto Uran, Matthews Holmes e Kevin Colleoni não estiveram à partida e não viram, na estrada, a fuga de Toms Skujins, Diego Lopez, Baptiste Planckaert e Nils Brun.



Durante quase todo o dia, foi a Jumbo-Visma a assumir a perseguição, com a UAE Team Emirates e Team DSM a pegarem na corrida a menos de 40 quilómetros para o fim. O ritmo do pelotão aumentou e, 20 quilómetros passados, a fuga estava apanhada. Iniciava-se uma nova fase de corrida, agora com a INEOS Grenadiers na frente.

A equipa britânica forçou muito o ritmo nas pequenas colinas que se seguiram e a grande vítima foi Ethan Vernon, um dos favoritos à vitória em etapa. A grande velocidade, e com várias equipas a passarem pela frente, o pelotão dirigiu-se para o final em Échallens.



A INEOS fez o lançamento, Ethan Hayter arrancou da frente e nunca saiu de lá. Com grande autoridade, o britânico somou a segunda vitória na competição, cruzando a linha de meta a mandar calar os críticos. Jon Aberasturi foi 2º e Fernando Gaviria, sempre muito bem apoiado por Ivo Oliveira, 3º. Rohan Dennis teve um dia tranquilo e segue líder.

, , , , , , , ,