Hagens Berman Axeon volta a apostar na juventude portuguesa

Já começa a ser hábito. Mais um ano passa e mais um ciclista português integra a equipa de Axel Merckx. Depois de Ruben Guerreiro, Ivo Oliveira, Rui Oliveira, João Almeida, Pedro Andrade e André Carvalho, há mais um ciclista português a ingressar na Hagens Berman Axeon. Falamos de Diogo Barbosa.




Após duas temporadas na equipa de formação da Caja Rural, o português de 20 anos muda-se para os Estados Unidos. Filho de Cândido Barbosa, saiu de Portugal em 2018, depois de uma temporada onde, ao serviço da Vito/Feirense/BlackJack, venceu uma prova na Taça de Portugal Júnior e conseguiu mais uma série de pódios em corridas nacionais.

Presença assídua na Seleção Nacional, Diogo Barbosa salta para uma das melhores equipas de formação do Mundo do ciclismo, sendo um passo importante para a sua carreira. Terá tempo para evoluir e tornar-se um ciclista cada vez mais forte e completo e almejar a chegada ao World Tour, escalão onde estão todos os portugueses que já passaram pela equipa norte-americana.




Com a renovação de Pedro Andrade ainda não oficializada pela equipa, o ciclismo nacional já garantiu a presença de um português na equipa em 2021. Numa curta frase que acompanhou a confirmação da contratação do ciclista português na rede social Twitter este diz que “É um sonho tornado realidade.”

, , , , , ,