Imparável Eli Iserbyt soma 12ª vitória da temporada em Besançon

Depois do regresso à Bélgica, a Taça do Mundo de Ciclocrosse fez uma incursão em solo francês para a 8ª prova da competição. Pela primeira vez, Besançon acolheu a Taça do Mundo, num dia muito frio e com algumas ausências, casos de Lars van der Haar e Quinten Hermans, 2º e 3º na geral.



As primeiras voltas fizeram uma grande seleção com Toon Aerts e Eli Iserbyt a destacarem-se da concorrência, mostrando estar bastante fortes. A luta era muita, mas ninguém se conseguia aproximar do duo belga que tinha cada vez mais vantagem.

O momento decisivo viria a acontecer a duas voltas do fim. Aerts forçou o ritmo, chegou a ter uma pequena vantagem no entanto, numa parte técnica, Iserbyt conseguia recuperar. Tentando forçar, ainda mais, o ritmo, Aerts cometeu um erro fatal, escorregando e caindo. O ciclista da Baloise Trek Lions demorou alguns segundos a remontar e, alheio a tudo isto, Iserbyt seguia já isolado com quase 10 segundos de vantagem.

Numa volta final bastante intensa, Iserbyt conseguiu aguentar a pressão de Aerts e somar a 12ª vitória da temporada, a 5ª na Taça do Mundo. Aerts foi 2º a 10 segundos, sendo que o 3º foi Pim Ronhaar, campeão do Mundo sub-23, mas a já 1:44! Nas contas da Taça do Mundo, Iserbyt é cada vez mais líder, tendo 285 pontos contra 206 de Aerts e 175 de Lars van der Haar.



A prova feminina foi dominada por Lucinda Brand, com a campeã do Mundo a reforçar a liderança da Taça do Mundo, vencendo com 26 segundos de vantagem para Maghalie Rochette e 34 para Denise Betsema. Na geral, Brand é mais líder, com 252 pontos, mais 29 que Betsema e mais 70 que Puck Pieterse.

, , , , , , ,