Incrível batalha de eslovenos termina com triunfo de Tadej Pogacar

Na primeira chegada em alto da Volta ao País Basco a Jumbo- Visma pareceu disposta a perder a liderança, ao dar uma vantagem de 7 minutos a uma fuga composta Mikkel Honore, Felix Gall, Oier Lazkano, Larry Warbasse, Gotzon Martin, Daniel Navarro e Theo Delacroix.




O grande perigo era Honore, que estava a menos de minuto e meio na geral e vinha de uma recente vitória na Settimana Coppi e Bartali. Apesar de numa primeira fase, a fuga ter ganho uma vantagem considerável, aos poucos, e com muitas equipas a juntarem-se à perseguição, a aventura dos fugitivos terminou a 12 quilómetros do fim, com Oier Lazkano a ser o último resistente.

Numa curta descida que havia antes da subida final, o grupo dos favoritos partiu-se e, bem à entrada da escalada Michael Woods e Wilco Kelderman ficavam afastados devido a uma queda. Na frente, ficavam Sergio Higuita, Mauri Vansevenant, Richard Carapaz e Ben O’Connor. Este quarteto era apanhado a 2500 metros do fim mas Carapaz voltava a insistir.




Tadej Pogacar desferia a primeira ofensiva a 2100 metros e só Primoz Roglic respondeu. Este ataque fez com que Carapaz fosse ultrapassado rapidamente e ficasse o duo de eslovenos na frente. As diferenças eram curtas e, algumas centenas de metros depois, o grupo voltava a juntar-se. Pogacar voltava a insistir e, novamente, só o líder Roglic o seguia. Gaudu, Yates, Landa e Valverde faziam a ponte mesmo à entrada do quilómetro final e, aproveitando o entreolhar, o francês da Groupama-FDJ tentou sair mas sem sucesso.

Sem se mexer uma única vez, Roglic atacava a 600 metros do fim e, novamente, lá ia o duo de eslovenos. Num final em ligeira descida, Pogacar colocou-se na frente nos 150 metros finais e não mais saiu de lá. Vitória para o esloveno da UAE Team Emirates, com Roglic a chegar em 2º e a manter a liderança. Valverde liderou o grupo perseguidor a 5 segundos.




Nas contas da classificação geral, Roglic segue na liderança, agora com 20 segundos de vantagem para Pogacar e 30 para Brandon McNulty, 10º hoje. Adam Yates é 4º a 39 segundos e Valverde fecha o top-5 a 50 segundos.

, , , , , ,