João Almeida estreia-se pela Deceuninck-Quick Step na Austrália

A Deceuninck-Quick Step anunciou hoje a equipa que vai participar em 2 das corridas australianas deste início de temporada. Dias 30 de Janeiro e 2 de Fevereiro vão decorrer na Austrália a Race Torquay e a Cadel Evans Great Ocean Road Race, respectivamente. A estas 2 provas junta-se no Tour Down Under a meio do mês, de 16 a 21 de Janeiro, mas a Quick-Step ainda não anunciou os 7 escolhidos para esta competição.




A formação belga elegeu um alinhamento focado no sprint, particularmente na sua nova contratação: Sam Bennett. A acompanhar o irlandês estará o seu lançador de confiança, Shane Archbold, e um dos melhores lançadores do Mundo, Michael Morkov. Já em 2019 a aposta tinha recaído nesta vertente, com Elia Viviani a triunfar na Cadel Evans Great Ocean Road Race.

Iljo Keisse também é um corredor que habitualmente participa nos comboios, enquanto que Mattia Cattaneo e Dries Devenyns são os ciclistas mais virados para a montanha, sendo Devenyns uma presença habitual na Austrália. Neste lote de 7 ciclistas recheado de reforços, é João Almeida o 7º elemento, naquela que será a estreia do corredor português pela equipa belga e no World Tour, uma ocasião especial para o corredor das Caldas da Rainha.




A Quick-Step apenas confirmou o alinhamento para as 2 clássicas que referimos acima e não para o Tour Down Under, no entanto é muito provável que na primeira prova World Tour da temporada os escolhidos sejam os mesmos, pelo menos assim tem sido em anos anteriores e o mais certo é que se repita, até porque os corredores têm que ir cedo para a Austrália já que necessitam de alguma habituação ao fuso horário e ao clima.

João Almeida transferiu-se neste defeso da Hagens Berman Axeon, onde obteve vários resultados de relevo, para a Deceuninck-Quick Step, depois de 2 épocas na formação norte-americana.


, , , ,