“King Kung” leva etapa e liderança em Valência, Nelson Oliveira 2º e Enric Mas infeliz

Dia decisivo na Volta à Comunidade Valenciana, com Enric Mas a tentar segurar a liderança e Nelson Oliveira a tentar subir ao pódio. As equipas francesas foram predominantes no top 10 e o primeiro tempo de referência foi de Arnaud Demare, que se adapta muito bem a este tipo de traçados, finalizando com 17:15.




Demare só foi destronado pelo jovem Thibaut Guernalec, que conclui os 14,3 kms em 16:52, menos 1 segundo que Miles Scotson, com o australiano a quebrar visivelmente na parte final. As formações gaulesas chegaram a ter o top 4 quando chegou Matis Louvel da Arkea-Samsic e ficaram com o top 5 quando Stefan Kung pulverizou autenticamente o melhor registo, com 16:12.

Havia muita expectativa para ver o registo de Nelson Oliveira e o ciclista português não desiludiu, perdia 6 segundos no intermédio e 10 na meta para o actual campeão europeu. Restava saber se Enric Mas iria resistir a este ataque dos contra-relogistas, o espanhol da Movistar parecia bem encaminhada, visto que partia com 51 segundos de vantagem e passou no intermédio a 20 segundos.




Mas o quilómetro final teve drama, Enric Mas furou e foi obrigado a abrandar, terminando apenas com 17:39, o suficiente para segurar o pódio, mas não a camisola amarela. Na classificação geral Stefan Kung passou para a liderança, com 6 segundos sobre Nelson Oliveira e 39 sobre o infeliz Enric Mas.

, , , , , , ,