Lorrenzo Manzin triunfa na abertura do calendário europeu

24 de Janeiro marcou o regresso do ciclismo à Europa com a Classica Comunitat Valenciana, prova que se disputou pela primeira vez desde 2005. Inicialmente prevista terminar em Valência, após quase 160 kms, devido a restrições da pandemia, o percurso foi encurtado para 98 kms já na manhã de hoje.



A alta velocidade foi uma constante durante toda a prova, o que fez com que não existisse uma verdadeira fuga. O vento também se fez sentir e as equipas com maior responsabilidade, Total Direct Energie, Kern Pharma e Arkea-Samsic colocaram-se ao trabalho, partindo o grande grupo durante alguns quilómetros.

Até ao final, destaque para uma tentativa de Davide Gabburo, Miguel Angel Ballesteros e Gianni Marchand já dentro dos 10 quilómetros finais mas, como seria de esperar, tudo se decidiu numa chegada em pelotão compacto.



Num sprint muito renhido, o francês Lorrenzo Manzin foi o mais rápido à frente do basco Mikel Aristi e do belga Amaury Capiot. O ciclista da Total Direct Energie estreou-se da melhor forma em 2021, conseguindo a primeira vitória em cerca de 1 ano. No próximo domingo o ciclismo regressa na Europa, com o GP La Marseilleise.

, , , , , , ,