Lotto Soudal reforça-se com velho conhecido

A maioria das equipas do World Tur já tem os seus plantéis praticamente fechados, estando a ultimar os derradeiros ajustes nas equipas para 2022. Até agora, a Lotto Soudal tinha anunciado 4 reforços, 3 para o comboio de Caleb Ewan e 1 promoção da equipa de desenvolvimento. Aproveitando as dificuldades financeiras da Team Qhubeka NextHash, a formação belga não desperdiçou a oportunidade e reforçou-se com um velho conhecido.



Falamos de Victor Campenaerts. O belga regressa à equipa que representou entre 2018 e 2019, precisamente antes de sair para a equipa sul-africana. Com um estatuto importante dentro do pelotão internacional, Campenaerts já não é o mesmo ciclista de 2019, tornou-se um corredor mais completo, deixando de se focar tanto no contra-relógio para andar muito bem no terreno ondulante e fazer excelentes exibições nas clássicas e provas de uma semana.

Os resultados deste ano comprovam isso mesmo, já que venceu uma complicada etapa no Giro, para além de ter sido 3º no Benelux Tour. De recordar que Campenaerts é o atual detentor do Recorde da Hora e conta no seu palmarés com 2 títulos nacionais e os 2 títulos europeus, todos eles na luta contra o cronómetro.



Esta é uma contratação inteligente por parte da Lotto Soudal uma vez que vê sair ciclistas de clássicas como John Degenkolb e Tosh van der Sande, reforçando-se com um corredor já experiente e que conhece a equipa. O contrato de 3 anos vem reforçar a confiança que a direção tem no ciclista. Nas suas redes sociais, a equioa belga anunciou a chegada de Campenaerts com um vídeo bastante original.

Victor Campenaerts afirmou que quer “melhorar os resultados alcançados este ano nas clássicas, onde me apaixonei por este tipo de provas. Quero ser um atacante nas corridas mas também quero bons resultados. Sei que dei um passo atrás no contra-relógio mas ainda tenho muita experiência, que quero partilhar com os mais jovens. Na próxima temporada, vou focar-me nas semi-clássicas e em provas por etapas de alguns dias.”



, , , , ,