Ruben Guerreiro deverá mesmo sair da EF Education-EasyPost e já tem destino provável

O mercado de transferências caminha para o seu final no entanto, nas últimas semanas, saltou para a ribalta o nome do português Ruben Guerreiro. Surgiram rumores que o antigo campeão nacional de estrada estaria de saída da EF Education-EasyPost, isto apesar de ainda ter um ano de contrato com a equipa norte-americana, e passado uns dias, o português veio confirmar esses rumores.

Em declarações à Agência Lusa, o ciclista natural de Pegões revelou que iria deixar a equipa norte-americana alegando motivos pessoais. Rapidamente começaram a surgir novas notícias sobre a futura equipa de Guerreiro, com a INEOS Grenadiers e a BORA-hansgrohe a serem apontadas como possíveis destinos.



A tarde de hoje trouxe mais novidades, com o VeloNews a contrariar todas as notícias apontadas até então, afirmando que o rei da montanha do Giro d’Itália 2020 está a caminho da Movistar. A informação é bastante credível uma vez que é confirmada pelo agente do ciclista português, Giuseppe Acquadro, empresário que tem uma relação muito forte com Eusebio Unzue, responsável máximo da formação espanhola.

O agente refere que “ele (Ruben Guerreiro) está perto da Movistar. Ainda estamos em negociações mas estamos a falar de um contrato de 3 ou 4 temporadas. Nada está finalizado, mas caminhamos na direção certa.” Outro ponto a referir é que, apesar de Ruben Guerreiro ter confirmado que iria deixar a EF Education-EasyPost ainda nada está concluído, com Acquadro a acreditar que todas as partes vão chegar a um acordo.



Esta está longe de ser umas transferência fechada mas acreditamos que com a influência que Acquadro tem dentro do pelotão mundial tudo resultará como este pretende. Basta referir que o italiano é agente de Richard Carapaz, corredor que assinou pela EF Education-EasyPost para as próximas 3 temporadas.

, , , , , ,