Análise ao percurso da Vuelta 2022: de Utrecht a Madrid em 21 dias!

Está na hora da terceira e última Grande Volta do ano! A Volta a Espanha arranca dos Países Baixos, país que irá acolher um total de 3 etapas. A abrir, um contra-relógio coletivo de 23 quilómetros, algo que tem sido muito raro nos últimos anos, seguindo-se duas etapas para os sprinters.



A entrada em Espanha faz-se ao 4º dia e pelo País Basco. Etapa de média montanha, onde uma fuga pode ter algumas hipóteses de vingar, sendo que o dia seguinte apresenta mais um dia rompe-pernas, no clássico terreno basco. A primeira chegada em alto aparece na 6ª etapa, no topo do Pico Jano.

Com praticamente 200 quilómetros e com uma contagem de montanha de 1ª categoria a meio, o dia seguinte é perfeito para uma enorme escapada puder triunfar, antes de um fim-de-semana decisivo, com mais duas chegadas em alto: Colláu Fancuaya e Les Praeres. Dias muito duros, onde a dureza não se resume apenas à subida final.

A seguir ao primeiro dia de descanso, Elche acolhe o contra-relógio individual da Vuelta, um total de 31100 metros de esforço contra o cronómetro. Os sprinters terão novas oportunidades em Cabo de Gata e Montilla, sendo que pelo meio haverá nova batalha pela camisola vermelha, com a chegada a Peñas Blancas. A segunda semana termina com mais uma dupla batalha pela classificação geral, com as chegadas ao alto da Sierra de la Pandera e da Sierra Nevada.



A semana final começa com mais uma chance para os sprinters, a última antes da tradicional chegada a Madrid, na etapa 21. A partir do 17º dia não há descanso! Monasterio de Tentudía acolherá uma chegada num pequeno topo e o Alto del Piornal será o palco das decisões na etapa 18.

Uma curta mas complicada etapa surge ao 19º dia, apenas duas montanhas mas se a etapa for feita a alta velocidade pode provocar bastantes estragos. O mesmo se pode dizer da etapa 20, uma jornada que será realizada em torno da serra madrilena (Navacerrada, Morcuera e Cotos), local onde já se virão batalhas impressionantes, a última delas quando Tom Dumoulin perdeu a Vuelta para Fabio Aru.



No total, a Vuelta 2022 terá 3 280,1 quilómetros, onde se incluem 1 contra-relógio coletivo, 1 contra-relógio individual, 6 etapas planas e 9 chegadas em alto. Como sempre, é uma Volta a Espanha bastante montanhosa, com muitas etapas com oportunidades de espetáculo do início ao fim, basta os ciclistas quererem. A presença do contra-relógio coletivo e de um longo contra-relógio individual vai obrigar os puros trepadores a atacar cedo, para recuperarem o tempo perdido.

 

Percurso da Vuelta a Espanha 2022:

Etapa Data Partida Chegada Distância Tipo
1 19/08/2022 Utrecht Utrecht 23,30 Contra-relógio coletivo
2 20/08/2022 s’Hertogenbosch Utrecht 175,10 Plano
3 21/08/2022 Breda Breda 193,20 Plano
Descanso 22/08/2022
4 23/08/2022 Vitoria-Gasteiz Laguardia 152,50 Média montanha
5 24/08/2022 Irún Bilbao 187,20 Média montanha
6 25/08/2022 Bilbao Pico del Jano 181,20 Alta montanha
7 26/08/2022 Camargo Cistierna 190,00 Média montanha
8 27/08/2022 Pola de Laviana Collado Fancuaya 153,40 Alta montanha
9 28/08/2022 Villaviciosa Les Praeres 171,40 Alta montanha
Descanso 29/08/2022
10 30/08/2022 Elche Alicante 30,90 Contra-relógio individual
11 31/08/2022 Alhama de Murcia Cabo de Gata 191,20 Plano
12 01/09/2022 Solabreña Peñas Blancas 192,70 Alta montanha
13 02/09/2022 Ronda Montilla 168,40 Plano
14 03/09/2022 Montoro Sierra de la Pandera 160,30 Média montanha
15 04/09/2022 Martos Sierra Nevada 149,60 Alta montanha
Descanso 05/09/2022
16 06/09/2022 Sanlúcar de Barrameda Tomares 189,40 Plano
17 07/09/2022 Aracena Monasterio de Tentudía 162,30 Média montanha
18 08/09/2022 Trujillo Piornal 192,00 Alta montanha
19 09/09/2022 Talavera de la Reina Talavera de la Reina 138,30 Média montanha
20 10/09/2022 Moralzarzal Puerto de Navacerrada 181,00 Alta montanha
21 11/09/2022 Las Rozas Madrid 96,70 Plano
, , , , , ,