Mortágua reestrutura-se para 2021 com novos patrocinadores e algumas caras novas

O Velo Clube do Centro irá manter-se na estrada em 2021 e no escalão Continental, tal como em épocas anteriores. A equipa irá ter a designação e Tavfer-Measindot-Mortágua a partir de 1 de Janeiro e contará com o apoio do Grupo Tavfer (associado a vários sectores como turismo, imobiliário, comércio e serviços e inspecção de veículos) e da Measindot (empresa da área da construção civil), bem como do Município de Mortágua.



Irá manter-se cerca de 60% do plantel, encabeçados por Joaquim Silva, Angel Sanchez, Gaspar Gonçalves e Leangel Linarez. Joaquim Silva tem bastante experiência e podem contar com ele quando o terreno empinar, em 2019 ainda na W52/FC Porto fez alguns top 15 em provas internacionais. Já Sanchez e Gaspar Gonçalves são 2 ciclistas completos já com alguns resultados de destaque no calendário nacional e ambos já têm alguns anos de competição a este nível.

Leangel Liñarez foi uma das revelações de 2020, sendo nada mais nada menos o melhor sprinter de equipas portuguesas na Volta a Portugal, com 3 pódios em chegadas em pelotão compacto. Consegue passar bem as colinas e deverá ser a grande aposta para a conquista de triunfos. Os jovens Pedro Pinto e o britânico Ash Coning também se mantêm na estrutura, sendo Coning um ciclista possante.



Relativamente aos reforços, Rui Carvalho trata-se de um regresso à estrutura, depois de ter representado a Anicolor em 2015 e 2016. É um trepador que regressa após uma suspensão por doping que terminou em 2019. Francisco Morais faz a transição para o profissionalismo depois de 4 épocas na Sicasal, ciclista completo, bom rolador, que ganhou o G.P. Portimão, prova para sub-23, em 2019.

Recentemente foram anunciados dois reforços provenientes da Efapel. O primeiro foi Tiago Antunes, jovem de 23 anos que regressou a Portugal em 2020 depois de uma passagem pela SEG Racing. É um dos maiores talentos na sua geração, com bons resultados a nível internacional quando representou Portugal em sub-23, 2º classificado na Volta a Portugal do Futuro e medalhado nos Nacionais desse escalão. Espera na equipa de Mortágua ter mais oportunidades de mostrar o seu valor e ter uma época de afirmação.

Já ontem, foi a vez da confirmação de Pedro Paulinho. Aos 30 anos, o ciclista natural de Oeiras regressa à equipa onde terminou a sua formação entre 2009 e 2011, sendo que agora é um sprinter/lançador com muita experiência no nosso pelotão. No contexto de uma aposta em chegadas ao sprint poderá ser uma peça crucial a ajudar Linarez, formando uma dupla perigosa.



Ainda não foi oficializado, mas um novo reforço da equipa da região de Viseu será Iuri Leitão. O jovem de 22 anos regressa a uma equipa que representou em 2017, após uma experiência na espanhola Supermercados Froiz. 2020 foi um ano de sonho para o sprinter português que, nos Campeonatos da Europa de Pista conquistou o ouro no Scratch, a prata na Eliminação e o bronze no Omnium. Um sprinter de enorme qualidade que fará a sua estreia entre os profissionais numa equipa onde terá liberdade para mostrar todo o seu potencial e ser um dos destaques.

Atualização: A contratação de Iuri Leitão foi já oficializada por parte da Tavfer-Measindot-Mortágua

, , , , , , , , , , , , , , , ,