Sporting/Tavira começa temporada na Argentina

Nos bastidores do ciclismo falou-se nos últimos dias na possibilidade de W52-FC Porto e Sporting/Tavira começarem a época de 2019 bem cedo em termos competitivos. Enquanto os comandados de Nuno Ribeiro vão a Espanha ganhar ritmo competitivo, o Sporting/Tavira foi hoje confirmado como uma das equipas para a Vuelta a San Juan, competição argentina que vai ter muitas formações de renome.




Só do World Tour estarão presentes 6 equipas, a Bora-Hansgrohe, a Deceuninck – Quick Step, Dimension Data, Lotto Soudal, Movistar e UAE Team Emirates, com a presença garantida e confirmada de Peter Sagan, Remco Evenepoel , Julian Alaphilippe, Maximiliano Richeze, Mark Cavendish, Fernando Gaviria e Nairo Quintana. Serão 5 as equipas Continentais Profissionais à procura de pontos para o World Ranking, a Androni-Sidermec, a Israel Cycling Academy, a Nippo Vini Fantini, a Wilier – Selle Italia e a Caja Rural, do português Domingos Gonçalves.

Já quanto ao escalão Continental, para fazer companhia ao Sporting Tavira estarão a Municipalidad Pocito, a Associacion Civil Mardan, a Agrupacion Virgem Fatima, a Municipalidad Rawson, a Team Medellin e a Biesse Carrera. O Sporting/Tavira é a única equipa Continental europeia presente na competição e tem estreia marcada para dia 27 de Janeiro, na prova que decorre até 3 de Fevereiro.




Completam o elenco algumas selecções nacionais, nomeadamente as selecções argentina, chilena, mexicana, cubana, brasileira e uruguaia. Quanto ao percurso, será muito semelhante aos anos anteriores, 7 etapas e 1 dia de descanso. De destacar a etapa 3, que é um contra-relógio individual, e a etapa 5, que é a tradicional chegada em alto no El Colorado, a cerca de 2700 metros de altitude.

Já em 2018 a formação liderada por Vidal Fitas começou a temporada bem cedo, nesse caso na Tropicale Amissa Bongo, onde Rinaldo Nocentini deixou a sua marc, ganhando etapas. E também terminou o ano mais tarde que qualquer outra equipa em Portugal, com a participação no Tour of China I e Tour of China II. A Vuelta a San Juan foi ganha no ano passado por Gonzalo Najar, com uma exibição do outro Mundo na principal chegada em alto. O argentino viria a ser desqualificado por uso de substâncias dopantes e a vitória ficou para Oscar Sevilla.




Foto: Facebook do Clube Ciclismo de Tavira.

, , ,