Dan McLay bisa após novo lançamento exemplar da Arkea-Samsic

O pelotão da Volta a Portugal continua a dirigir-se para sul no mapa do país e, hoje, foi mais um dia para os sprinters com término na região do Oeste, mais concretamente em Torres Vedras. Foi nos primeiros quilómetros que Willem Smit, Oier Lazkano e Emanuel Duarte escaparam ao pelotão, formando a fuga do dia.



Após a vitória conseguida no dia de ontem, a Arkéa-Samsic queria repetir a façanha e assumiu, desde logo, o comando as operações no pelotão, recebendo a ajuda da NIPPO Delko Marseille e da Miranda-Mortágua. Todo este trabalho levou ao fim da escapada do dia a menos de 7 quilómetros do fim.

Com o pelotão a entrar na cidade de Torres Vedras, a W52-FC Porto colocou-se na frente do pelotão de forma a evitar percalços para os seus ciclistas. Logo de seguida, uma queda tirava da luta Sergey Shilov e Rafael Silva, fazendo alongar, ainda mais, o grande grupo.



A entrada no último quilómetro fez a grande velocidade e, no momento certo, a Arkéa-Samsic voltou a aparecer na frente. Com mais um lançamento exemplar, a equipa francesa deixou Daniel McLay na posição perfeita que, com mais um sprint perfeito, conquistou a 2ª vitória consecutiva na Volta a Portugal. Riccardo Minali foi 2º e Leangel Liñarez 3º. Amaro Antunes foi 11º e segue na liderança.

, , , , , , , ,